Mãe Solo
Mãe Solo

2021 documentário, 15'

PREMIADOS COMPETITIVA BAIANA, COMPETITIVA BAIANA - CURTAS

Sinopse

“Mãe solo” é um curta-metragem de documentário que conta a histórias de mulheres, mães, pretas, moradoras de comunidades da cidade de Salvador, Brasil, apresentando suas identidades como mães solteiras, através de relatos autorais de suas vivências, fugindo dos estereótipos que cercam as mulheres mães pretas solteiras. As personagens principais deste documentário são Keisiane Santos, 24 anos, esteticista, e Lúcia Batista, 63 anos, diarista, ambas mães solteiras que vivem em regiões periféricas

Trailer

Vídeo Debate

Direção

Camila de Moraes

Camila de Moraes é jornalista e graduanda no curso B.I. de Artes com concentração em audiovisual pela Universidade Federal da Bahia. Na área do cinema dirigiu o documentário de longa-metragem “O Caso do Homem Errado”, escolhido para representar o Brasil e concorrer ao prêmio de Melhor Filme Estrangeiro no Oscar 2019 que aborda a questão do genocídio da juventude negra no Brasil. A cineasta se tornou a segunda mulher negra a entrar em circuito comercial com um longa-metragem após 34 anos de silenciamento no Brasil. Idealizadora e Curadora do Festival Cinema Negro em Ação. Atualmente desenvolve o projeto de uma série de ficção chamada “Nós Somos Pares”. Camila de Moraes também dirigiu o curta-metragem “A Escrita do Seu Corpo”. Produziu e co-roterizou o documentário “Mãe de Gay”, vencedor de dois Galgos de Ouro no Festival Universitário de Gramado. Fez produção do curta-metragem de ficção “Marcelina – com os olhos que a terra há de comer”, de Alison Almeida, e assistência de produção do documentário “Poesia Azeviche”, de Ailton Pinheiro. Assina a direção do curta-metragem documental “Mãe Solo”, realizado durante a pandemia. Camila de Moraes é gaúcha, mas reside em Salvador há onze anos.

Créditos

Direção: Camila de Moraes
Produção: Danilo Stael
Fotografia: Uiran Paranho
Som: David Aynan
Roteiro: Nane Sacramento e Danilo Stael
Montagem: Camila de Moraes e Gabriel Lake
Direção de Arte: Alice Braz