Loading...
Loading...

Oficina Crítica

Oficina Crítica

Regulamento da oficina

Regulamento da oficina

Selecionados das Competitivas

Selecionados das Competitivas

Um encontro de almas!

Castro Alves nasceu em 14 de março de 1847. Glauber Rocha nasceu em 14 de março de 1939.

Ambos eram românticos, eloquentes e trágicos. Castro e Glauber eram carismáticos e magnéticos, os dois gritavam as grandes causas e falavam com o coração. Os dois foram demasiadamente apaixonados.

Como Castro Alves, Glauber abandonou o curso de direito para vivenciar plenamente sua arte. O poeta colocou sua paixão a serviço da libertação das pessoas escravizadas, enquanto o cineasta bradou pela liberdade dos povos latino-americanos. Cada um no seu tempo, a sua forma.

Ambos eram geniais e marcaram gerações. Os dois sabiam que morreriam cedo. Castro Alves morreu cedo demais, aos 24 anos. Glauber falava que, como reencarnação do poeta, morreria aos 42 anos. E assim, foi. Almas gêmeas.

Quiseram os deuses e os homens que a Praça Castro Alves ficasse de frente para o Cine Glauber Rocha. A estátua e a rosácea. A palavra e a imagem. Dois artistas singulares, que romperam o tempo-espaço.

É nosso dever revisitar suas obras preciosas. É nossa missão apresentá-las para as mais novas gerações.

Cláudio Marques e Marília Hughes